Ícaro Lira

  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail
  • WhatsApp

Fortaleza, Brasil, 1986 

Vive e trabalha em São Paulo, Brasil


Nos últimos cinco anos, vem analisando as implicações e os desdobramentos de atos políticos e históricos da História Brasileira através de um trabalho documental, arquivista, arqueológico e de ficção. Estudou Cinema e Vídeo na Casa Amarela-UFC, Fortaleza (CE), Montagem e Edição de Som, pelo Instituto de Cinema Darcy Ribeiro (RJ) e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (RJ) participou dos Programas Fundamentação e Aprofundamento, Atualmente participa do PIMASP - Programa Independente do Museu de Arte de São Paulo (SP).


Documental, arqueológico e ficcional, seu trabalho aborda eventos da história política brasileira. Para Ícaro Lira, a história é matéria viva constantemente esmagada pelo peso das narrativas oficiais, escritas pelos mais poderosos. Em busca de contra-narrativas, o artista coleta objetos, textos, relatos, imagens e fragmentos de lugares de conflito social. A partir destes, cria pequenos museus com materiais oriundos de sua pesquisa, que frequentemente abrange conjuntos de ações dispersas em exposições, livros, oficinas e excursões em campo. Em seu método de trabalho, a história é vista com uma lupa e a atenção é dada ao que os acontecimentos revelam de minúsculo e singular sobre o passado. Seus personagens são os seres anônimos da história e os rastros deixados por eles, que o faz pensar o real por um viés ficcional, escapando de um saber fixo. Aqui, a história dos historiadores e a história dos artistas são colocadas em um mesmo regime de sentido: seus signos são equivalentes, mas ordenados de forma distinta a fim de construir efeitos no presente.

  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail
  • WhatsApp